Reunião com líderes do Governo fim rever Lei 13.954/19

10 Comments

Clique nos ícones e compartilhe!
Palavras do Dr. Adão Farias sobre a Reunião em 02-07-2020

O dia 02/jul/2020 foi marcado por uma importante reunião em Brasília, na qual estava presente representantes do: Ministério da Economia, Casa Civil, Ministério da Defesa, Secretaria de Governo, Senador Izalci Lucas , Major Vitor Hugo, Advogados Claudio Lino e Adão Farias, entre outros.

O motivo da reunião tem relação direta “MP pede ao TCU suspensão de gratificação a militares, Ministério da Defesa emite Nota de Esclarecimento.”.
Como é do conhecimento da maioria dos Militares, Veteranos e Pensionistas, a Lei 13.954/19 trouxe consigo amargores aos componentes da base da pirâmide, a saber, os Praças e Graduados das Forças Armadas.

Conforme tem sido constantemente divulgado por meio de diversas mídias que abordam o assunto em questão, a Tropa tem se manifestado de forma contundente nas redes sociais tendo em vista a incongruência no teor da referida lei.

As disparidades partem do pressuposto que a Lei 13.954/19 não trouxe aumento salarial à Classe Militar, visto que os soldos permaneceram os mesmos e no prazo de 10 anos haveria economia ao erário em torno de 10 bilhões.

É neste momento que tenta-se entender a mágica, ao se “passar a régua e fechar a conta” as disparidades se revelaram de forma inconcebível, visto que Generais e suas Pensionistas passaram a desfrutar de de um pomposo e generoso acúmulo de Reai$$$ em suas contas correntes, ao passo que os Praças não tiveram os mesmos benefícios, principalmente os Soldados, Cabos e Sargentos do Quadro Especial e suas Pensionistas, as quais ainda foram tachadas com descontos que chegam a 13,5%.

O termômetro tem indicado que algo não está coerente, as Associações e Lideranças Militares tem, incansavelmente, tentado mostrar aoPresidente Jair Messias Bolsonaro, porém “forças estranhas e ocultas” tem sido interpostas entre as partes.

Torcemos para que as distorções presentes na Lei 13.954/19 sejam corrigidas e encerre o desgaste do Governo com sua Base de Apoio.

10 thoughts on “Reunião com líderes do Governo fim rever Lei 13.954/19”

  1. Eu. Manoel Cezano da Cunha do quadro especial da Marinha fui roubado em cerca de 200,00, estou muito insatisfeito com isto, já existia uma distância muito grande dos praças para os oficiais agora ficou muito maior, perdeu meu apoio

  2. Se o presidente Jair Bolsonaro depende do meu voto para sua reeleição ele não vai ganhar nunca pois esse presidente é um homem sem palavras prometeu e não cumpriu nem o Lula que é chamado de ladrão fez isso com as forças amadas

  3. É ingenuidade acreditar nesse generais que só permitiram essa reunião porque o TCU pode cancelar o adicional que lhes beneficiou em cheio. Ou alguém de vcs acha que o general ou mesmo o Presidente da República estão preocupados com o salário do soldado ou do sargento? O Bolsonaro pode sim estar sentindo que perdeu o apoio de quem sempre lhe apoiou desde os seus tempos de molecagem no RJ. 2022 vem aí, e até lá muitas pensionistas morrerão amaguradas pela falsidade e irresponsabilidade de alguém que se elegeu com apoio maciço da família militar. A volta vem !

  4. Tudo dentro da normalidade. Os oficiais reunidos mostrando suas opiniões que possam levar ao menor prejuízo possível da classe. E as praças assistindo, esperando as migalhas caírem da mesa…

  5. NOS QESA SO NOS INTERRESSA E A PROMOÇÃO A SUBOFICIAL. FORA ISSO O RESTO NAO E INTERRESSANTE. NAO VAMOS APOIAR NENHUMA PROPOSTA QUE NAO SEJA A PROMOCAO DOS QESA A SUBOFICIAL.

  6. NOS QESA SO NOS INTERRESSA E A PROMOÇÃO A SUBOFICIAL. FORA ISSO O RESTO NAO E INTERRESSANTE. NAO VAMOS APOIAR NENHUMA PROPOSTA QUE NAO SEJA A PROMOCAO DOS QESA A SUBOFICIAL.

  7. Então você não está pensando nos outros, Sub-oficiais, Sub-tenentes e as Pensionistas, que também estão sendo prejudicados como vocês, nesse caso você com esse pensamento, não pode reclamar dos Generais, eles pensaram só neles, o resto que se danem.

  8. Presidente traira,nunca mais terá nosso voto,formou uma quadrilha com esses GENERAIS SAFADOS que só pensaram no rabo deles.tenho nojo dessa cambada.

  9. Ele como oficial do exército sabe muito bem disso que os privilégios só vai pra classe oficial e generais os praças que sempre está na frente das batalhas são os menos favorecidos e bom ele lembra que a maioria são praças e não generais já que ele está pensando em se reeleger pensa nisso presidente.

  10. ESSE DEP Vitor Hugo (PSL-GO) E UM CANALHA SAFADO NAO ACREDITEM NESSE MISERAVEL, ELE ACABA DE VOTAR NAO PARA PROJETO DE PRORROGAÇÃO DO AUXILIO EMERGENCIAL ONDE MILHARES DE FAMÍLIAS ESTÃO VIVENDO DEVIDO ESSA PANDEMIA COMO A MIXARIA DE 600 REAIS, ESSE CANALHA MERECE E UM CHUTE NA BUNDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *